RESULTADO

Pela folha de votantes, haviam 7.072 (sete mil e setenta e dois) médicos com inscrições ativas no CRM-MA, dos quais 4.256 (quatro mil, duzentos e cinquenta e seis) estavam aptos a votar e constaram da lista de votação, sendo que 962 (novecentos e sessenta e dois) compareceram para votação presencial na sede do Conselho Regional em São Luís, 436 (quatrocentos e trinta e seis) votaram presencialmente no interior do Estado e 57 (cinquenta e sete) médicos votaram por correspondência, totalizando 1.455 (um mil, quatrocentos e cinquenta e cinco) votantes. A votação foi iniciada às 08:00h encerrando-se às 20:00h, não se registrando incidentes durante a votação. Às 21:15h a Junta Escrutinadora iniciou seus trabalhos, sendo aberta a urna de São Luís e contados nessa urna 959 (novecentos e cinquenta e cinco) votos, 03 (três) votos a menos que o número de votantes, o que foi considerado irrelevante pela Comissão Eleitoral. Na apuração da urna, constatou-se 860 (oitocentos e sessenta) votos para a Chapa 1 (Experiência e Competência), além de 29 (vinte e nove) votos nulos e 70 (setenta) votos em branco. Em seguida iniciou-se o escrutínio dos votos por correspondência na urna respectiva que, segundo a ata da Mesa Receptora dos votos por correspondência recebeu 57 (cinquenta e sete) votos. Na apuração dessa urna, a Junta Escrutinadora contou 55 (cinquenta e cinco) votos para a Chapa 1 (Experiência e Competência), 01 (um) voto nulo e 01 (um) voto em branco. Com a chegada dos resultados do interior do Estado, a Comissão Eleitoral consolidou a votação em todo o Estado, computando o seguinte: em Bacabal (total de 31 votos, sendo 26 votos para Chapa 1, 2 votos nulos e 3 em branco); em Caxias (total de 44 votos, sendo 39 votos para Chapa 1, 3 votos nulos e 2 em branco); Codó (total de 30 votos, sendo 30 votos para Chapa 1, zero voto nulo e zero em branco); em Colinas (total de 12 votos, sendo 12 votos para Chapa 1, zero voto nulo e zero em branco); em Imperatriz (total de 277 votos, sendo 269 votos para Chapa 1, 3 votos nulos e 5 em branco); Santa Inês (total de 42 votos, sendo 38 votos para Chapa 1, 4 votos nulos e zero em branco). Total dos votos no interior: 414 votos para a Chapa 1, 12 nulos e 10 em branco. Nenhum protesto foi apresentado sobre os atos praticados durante a recepção, escrutínio e contagem dos votos, sendo proclamada eleita a Chapa 1 (Experiência e Competência), com 1.329 (um mil, trezentos e vinte e nove) votos, além de 42 (quarenta e dois) votos nulos e 81 (oitenta e um) votos em branco. A Chapa 1 (Experiência e Competência) foi eleita para o quinquênio 2018/2023, e está assim constituída: CONSELHEIROS TITULARES: Abdon José Murad Neto, Ademar Branco Bandeira, Antônio de Pádua Silva Sousa, Carlos de Andrade Macieira, Cláudio de Rezende Araújo, Fábio Farias de Aragão, Francisco Amazonas de Assis Mello, Hélio Mendes da Silva, Ivan Abreu Figueiredo, Joel Nicolau Nogueira Nunes Júnior, José Albuquerque de Figueiredo Neto, José Aparecido Valadão, José Bonifácio Barbosa, José Carlos Figueiredo Fernandes, José Xavier de Melo Filho, Leopoldina Milanez da Silva Leite, Maria de Fátima Andrade Calderoni, Orlando Jorge Martins Torres, Raimundo Francisco Rabelo Junior e Ruy Palhano Silva. CONSELHEIROS SUPLENTES: Alberto Rodrigues de Miranda Filho, Carlos Antunes Souza da Cruz, Eduardo Henrique Jorge Lago, Fernanda Aguiar da Cruz Urzeda, Francisco Airton Veras de Araújo Junior, Guilherme Aragão Bringel, Ida Francis de Aguiar Rodrigues, José Carlos Reis Filho, José Helder Vasconcelos Filho, José Manoel Ribeiro Bastos, José Maria do Amaral Filho, Kelston Paulo Felice de Sales, Licia Maria Fernandes Rodrigues, Magda Luciene de Sousa Carvalho, Maria Helena de Assunção Pestana, Nadig Brito Correa, Nailton Jorge Ferreira Lyra, Osmir de Cassia Sampaio, Sebastiao Vieira de Moraes, Tomaz Martins Reis Neto. Os trabalhos terminaram às 23:27 h (vinte e três horas e vinte e sete minutos)

O resultado oficial será enviado para o Conselho Federal de Medicina (CFM) para homologação, juntamente com os documentos requeridos na Resolução CFM 2161/2017.